segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Dizer que 2012 passou voando seria o clichê do ano. A verdade é que todo e qualquer tempo passa rápido quando as pessoas são rápidas, quando tudo a nossa volta corre em uma velocidade tão alta que nem percebemos. Como já dizia Einstein, o tempo é ilusório, mas não do ponto de vista que ele afirmava. Talvez nós humanos sejamos o tempo à medida que envelhecemos a cada segundo que passa, e nós nem sequer percebemos isso. As pessoas passam o ano inteiro estabelecendo metas, correndo atrás de seus objetivos e buscando uma vida feliz, mas esquecem de viver o presente. Não há tempo que volte, ele apenas passa, passa, passa... Assim como nós também passamos.

Dois mil e treze. Um novo ano irá começar em algumas horas e todos já estão novamente desejando, planejando, imaginando. Não quero que me interpretem mal: eu não sou contra fazer planos ou buscar atingir objetivos, muito pelo contrário. Eu acho que todo ser humano deve sonhar e querer algo, mas ''deixar isso tudo no papel'' não basta. É preciso agir, fazer acontecer, ter força de vontade e não deixar o tempo passar apenas por passar. A nossa vida é curta e não é certo querer deixar as coisas ruins no passado se nós não nos esforçarmos para construir um presente melhor. 

Como já devem ter percebido, o blog está com um layout novo e há um olho no banner do cabeçalho. Eu decidi usar esse olho para sempre lembrar que devemos estar conscientes, enxergando as coisas e pessoas que nos rodeiam. Abram os olhos! Percebam as coisas, não deixem a vida passar. É por essas e outras que quando vocês imaginarem um 2013 melhor que 2012, façam com que isso realmente seja possível. É como diz aquela velha frase: ''sejam a mudança que querem ver''. Nada é permanente, precisamos também estar preparados para experimentar coisas novas e arriscar. Arrisquem-se. Feliz tempo novo.

Nenhum comentário: