segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Dizer que 2012 passou voando seria o clichê do ano. A verdade é que todo e qualquer tempo passa rápido quando as pessoas são rápidas, quando tudo a nossa volta corre em uma velocidade tão alta que nem percebemos. Como já dizia Einstein, o tempo é ilusório, mas não do ponto de vista que ele afirmava. Talvez nós humanos sejamos o tempo à medida que envelhecemos a cada segundo que passa, e nós nem sequer percebemos isso. As pessoas passam o ano inteiro estabelecendo metas, correndo atrás de seus objetivos e buscando uma vida feliz, mas esquecem de viver o presente. Não há tempo que volte, ele apenas passa, passa, passa... Assim como nós também passamos.

Dois mil e treze. Um novo ano irá começar em algumas horas e todos já estão novamente desejando, planejando, imaginando. Não quero que me interpretem mal: eu não sou contra fazer planos ou buscar atingir objetivos, muito pelo contrário. Eu acho que todo ser humano deve sonhar e querer algo, mas ''deixar isso tudo no papel'' não basta. É preciso agir, fazer acontecer, ter força de vontade e não deixar o tempo passar apenas por passar. A nossa vida é curta e não é certo querer deixar as coisas ruins no passado se nós não nos esforçarmos para construir um presente melhor. 

Como já devem ter percebido, o blog está com um layout novo e há um olho no banner do cabeçalho. Eu decidi usar esse olho para sempre lembrar que devemos estar conscientes, enxergando as coisas e pessoas que nos rodeiam. Abram os olhos! Percebam as coisas, não deixem a vida passar. É por essas e outras que quando vocês imaginarem um 2013 melhor que 2012, façam com que isso realmente seja possível. É como diz aquela velha frase: ''sejam a mudança que querem ver''. Nada é permanente, precisamos também estar preparados para experimentar coisas novas e arriscar. Arrisquem-se. Feliz tempo novo.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Resultado: Sorteio de Natal

E a vencedora do Sorteio de Natal do blog Quintessência foi a Bruna Fernandes! O sorteio foi realizado através do site Random.org. Parabéns Bruna, logo entrarei em contato com você via e-mail! ;)


domingo, 16 de dezembro de 2012

Pequenos Pensamentos: Fim do Mundo

''Agora o que está na boca do povo é o tal fim do mundo. Acreditar que o planeta Terra chegará ao seu final no dia 21 de dezembro pode não fazer sentido algum, mas eu acho que deixar de perceber o que está acontecendo a nossa volta é muito mais sem nexo.  Profecia maia ou qualquer outra coisa é absolutamente insignificante comparado às atitudes do ser humano. Assassinatos todos os dias, pai matando filho, filho matando pai, imprudência no trânsito, jovem matando dezenas de crianças inocentes em escola, adolescentes cada vez mais perdidos no mundo das drogas, entre tantas outras coisas que acontecem diariamente. O mundo não vai acabar, mas de uma coisa eu tenho certeza: a humanidade já acabou faz tempo.'' (Vitória Londero)

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

How You Remind Me - Avril Lavigne

Hoje eu passei o dia todo ouvindo a versão da Avril Lavigne da música ''How You Remind Me'', originalmente da banda Nickelback, cujo vocalista é noivo da maravilhosa Avril. O cover da música foi feito para um filme japonês chamado ''One Piece Z'' que estreará dia 15 de Dezembro no Japão. Eu já conhecia essa canção na voz do Chad e ela conseguiu ficar mais perfeita ainda nessa versão serena e com piano, por isso, quero compartilhá-la com vocês. Deem o play, fechem os olhos e relaxem nessa estrelada noite de terça-feira...

sábado, 1 de dezembro de 2012

Pequenos Pensamentos: Ninguém disse que seria fácil

''Crescer é tão difícil. No fundo eu sabia que certas coisas iriam mudar, mas é como se eu ainda não tivesse completa consciência disso. É viver dentro de um grupo de amigos, perto da família e de toda aquela rotina, e então simplesmente ter que abandonar tudo isso. É como soltar uma folha no tempo em um dia de ventania... Ela vai embora, seguindo a brisa. E daí há aquela velha pergunta: ''O que você quer ser quando crescer?''. O ''quando crescer'' se tornou o presente, o HOJE. Digo e repito: crescer é tão difícil.'' (Vitória Londero)